SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número2Preocupações parentais sobre a saúde e o desenvolvimento: sugestões para a reorganização dos cuidados de saúde pediátricos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

SIMOES, Rita; LEAL, Isabel  e  MAROCO, João. Envolvimento paterno num grupo de pais de crianças do 1º ciclo. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2010, vol.11, n.2, pp.339-356. ISSN 1645-0086.

O estudo pretendeu avaliar o grau de envolvimento paterno de pais Portugueses de crianças entre os 5 e os 9 anos de idade, explorando factores de variabilidade interindividual (idade do pai, educação, nível socioeconómico e número de filhos), bem como a associação entre envolvimento paterno e alguns factores identificados na literatura: satisfação parental, stress parental e ajustamento conjugal. A amostra é constituída por 145 pais casados, com idades entre os 28 e os 59 anos (M=40,14), a maioria dos quais com um nível de escolaridade secundário e superior e um nível socioeconómico médio. A recolha de dados foi realizada através da aplicação de questionários de auto-­resposta, juntamente com um questionário para caracterização sócio­-demográfica. Os principais resultados mostram um grau relativamente elevado de envolvimento paterno, sobretudo nas dimensões Cuidados e Disponibilidade, embora em termos relativos os pais atribuam às mães uma maior percentagem de tempo como principais figuras cuidadoras da criança. Não foram encontradas diferenças significativas entre os pais em função das variáveis individuais estudadas. Contudo, foi encontrada uma associação negativa moderada entre o envolvimento paterno e o stress parental, bem como uma associação positiva igualmente moderada entre o envolvimento e o ajustamento diádico, o que vai ao encontro de outros estudos realizados nesta área. Estes resultados suportam a conceptualização multidimensional do envolvimento paterno, sugerindo diferentes dimensões de comportamento paterno face aos cuidados e educação das crianças. Adicionalmente, confirmam a natureza multideterminada do envolvimento, sugerindo que factores pessoais e relacionais podem ter impacto na forma como os homens desempenham a paternidade.

Palavras-chave : Ajustamento conjugal; envolvimento paterno; multidimensionalidade; satisfação parental; stress parental.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )