SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número2Sintomatologia de Couvade e o envolvimento paterno vivenciado durante a gravidezReacções parentais ao diagnóstico perinatal de anomalia congénita do bebé Implicações para a intervenção dos profissionais de saúde índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

BARCIA, Sónia  e  VERISSIMO, Manuela. A importância da massagem do bebé para as atitudes face à maternidade. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2010, vol.11, n.2, pp.271-281. ISSN 1645-0086.

A transição para a maternidade é uma fase de grande mudança, contudo vários factores podem contribuir para que a mulher a viva de uma forma mais tranquila. A massagem do bebé poderá ser um destes factores. O objectivo deste estudo foi avaliar a importância da massagem do bebé nas atitudes das mães face à maternidade. Para tal utilizou-se o CAQ­P aplicado em 3 momentos, no final da gravidez e até aos 4 meses. A amostra foi constituída por 194 díades mãe/ bebé, divididas em dois grupos (Grupo 1­massagem e Grupo 2­controlo). No 1º momento, não se encontraram diferenças significativas entre grupos. Contudo, no 2º e 3º momentos, as mães do grupo de massagem apresentaram atitudes mais positivas face à maternidade. Os resultados obtidos indicam que as mães que participaram em sessões de massagem para bebés apresentam atitudes mais positivas face à maternidade e partilham e envolvem mais os pais nos cuidados do bebé.

Palavras-chave : Atitudes face à maternidade; competências maternas; massagem do bebé.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )