SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número1O luto no transplantado cardíacoO impacto da malformação fetal: indicadores afetivos e estratégias de enfrentamento das gestantes índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

MURCHO, Nuno Álvaro C.; JESUS, Saul Neves de  e  PACHECO, José Eusébio Palma. A relação entre a depressão em contexto laboral e o burnout: um estudo empírico com enfermeiros. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2009, vol.10, n.1, pp.57-68. ISSN 1645-0086.

Com este estudo pretendemos investigar a relação existente entre a depressão e o sindroma de burnout, nas suas três dimensões - a exaustão emocional, a despersonalização e a realização pessoal. Esta investigação foi realizada com uma amostra de conveniência, constituída por 499 enfermeiros, que trabalham nas Unidades Hospitalares de maior dimensão do Algarve, e os instrumentos utilizados foram a subescala da depressão da EADS - 21, de Lovibond e Lovibond (1995, na adaptação portuguesa de Pais Ribeiro, Honrado, & Leal, 2004), e a MBI de Maslach e Jackson (1981, na adaptação portuguesa para enfermeiros de Parreira & Sousa, 2000). Os resultados encontrados levam-nos a sugerir que, embora no contexto laboral os quadros depressivos possam ocorrer como uma manifestação do burnout, o inverso parece não ser evidente, pelo que não podemos dizer que o burnout seja uma manifestação da depressão. Concluímos, então, que estas duas entidades são constructos diferentes, apesar de apresentarem aspectos comuns.

Palavras-chave : Burnout; Depressão; Diferença de constructos; Enfermeiros.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )