SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 número2Aspectos psicossociais e qualidade de vida da degenerescência macular relacionada com a idadeO desempenho dos cuidadores informais na avaliação da qualidade de vida dos doentes oncológicos uma revisão do tema índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

BORGES, Vivian Roxo  e  WERLANG, Blanca Susana Guevara. Estudo de ideação suicida em adolescentes de 13 e 19 anos . Psic., Saúde & Doenças [online]. 2006, vol.7, n.2, pp.195-209. ISSN 1645-0086.

Verificar a presença de ideação suicida em adolescentes da população geral foi o objetivo deste estudo. Para tanto, realizou-se a pesquisa com 730 adolescentes com idades entre 13 e 19 anos, das cidades de Porto Alegre/RS e Erechim/RS, Brasil. Os adolescentes eram do sexo feminino (57,3%) e masculino (42,7%) e estudavam em escolas públicas e particulares das cidades estudadas. Os instrumentos utilizados foram: uma ficha de dados sóciodemográficos, a Escala de Ideação Suicida de Beck (BSI) e o Inventário de Depressão de Beck (BDI). A coleta dos dados foi realizada nas escolas estudadas. Dos 730 adolescentes pesquisados, 253 (34,7%) apresentaram ideação suicida, ou seja, um pouco mais de um terço da amostra. Destes, 176 (69,6%) eram do sexo feminino. O estudo também constatou que existe uma associação significativa (p<0,001) entre depressão e a presença de ideação suicida. Das variáveis estudadas, a depressão e o sexo feminino foram as mais associadas à presença de ideação suicida.

Palavras-chave : Adolescência; Depressão; Ideação suicida.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )