SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.3 número1O consentimento informado na investigação em psicologia da saúde é necessário? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

GIDRON, Yori. Psicologia da saúde baseada na evidência: racional e suporte. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2002, vol.3, n.1, pp.3-10. ISSN 1645-0086.

Recomenda-se que a psicologia da saúde adopte uma intervenção baseada na evidência pelas razões seguintes: (1) Orienta o psicólogo a avaliar os factores psicológicos que a investigação tem demonstrado que têm impacto ou são afectadas pelas condições de saúde; (2) contribui para a redução do erro na avaliação pelo terapeuta através do uso de medidas válidas a par das impressões clínicas; (3) Baseando o conhecimento em estudos com grupos de controlo aleatórios, permite aos clínicos recomendarem o uso de novas intervenções com validade científica e profissional apropriadas para o "doente médio"; (4) Esta abordagem é mais aceitável por parte da comunidade médica. A presente revisão fornece exemplos empíricos sobre a importância dos factores psicológicos em doenças como o cancro, doença cardíaca coronária, preparação para a cirurgia, redução da dor e qualidade de vida. Finalmente, discute-se as implicações para a educação dos psicólogos da saúde.

Palavras-chave : Intervenção em psicologia da saúde; Psicologia da saúde baseada na evidência.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )