SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número42Surfando na onda digital: feminismos em rede no BrasilA igualdade de género nas organizações e o efeito do reconhecimento público: o caso do prémio igualdade é qualidade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ex aequo

versão impressa ISSN 0874-5560

Resumo

SIMOES, Rita Basílio de  e  AMARAL, Inês. Pós-feminismo, pós-racialismo e pós-colonialismo: a cobertura mediática da campanha de Joacine Katar Moreira. Ex aequo [online]. 2020, n.42, pp.135-152. ISSN 0874-5560.  http://dx.doi.org/10.22355/exaequo.2020.42.08.

As relações entre género, poder e política ecoam de forma profunda na representação mediática de mulheres no campo político, normalizando modelos de feminilidade e con­ceções da participação no espaço público. Partindo deste pressuposto e recorrendo a uma abordagem interseccional ancorada numa perspetiva feminista, este artigo recorre à análise temática crítica para examinar a cobertura mediática da campanha para as eleições legis­lativas portuguesas de 2019 de Joacine Katar Moreira. Identificamos os discursos ideológi­cos prevalecentes, relacionando-os com os conceitos de pós-feminismo, pós-racialismo e pós-colonialismo e problematizando as suas implicações para o acesso igualitário à tomada de decisão política e para a efetiva promoção da igualdade de género

Palavras-chave : Media informativos; mulheres políticas; representação; pós-femi­nismo; Joacine Katar Moreira.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons