SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número42Situacionismo de sexo: um diagnóstico feminista à plataforma de pequim passados 25 anosDreaming the welfare-state: indian women-studies-movement, neoliberalism and feminist future índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ex aequo

versão impressa ISSN 0874-5560

Resumo

FERREIRA, Virgínia et al. «Estudos sobre as mulheres» em Portugal pós-declaração de Pequim: estudo bibliométrico das revistas ex æquo e Faces de Eva. Ex aequo [online]. 2020, n.42, pp.23-56. ISSN 0874-5560.  http://dx.doi.org/10.22355/exaequo.2021.42.0224.

Neste artigo fazemos a primeira apresentação e discussão de um conjunto de resulta­dos parcelares do estudo bibliométrico das revistas ex æquo e Faces de Eva. A partir dos 259 textos da Faces de Eva e 399 da ex æquo, publicados entre 1999 e 2019, foi construída uma base dos metadados constituída pelas características de autoras/es, e respetivas filiações institu­cionais e geográficas e pelos títulos, resumos e palavras-chave. Os resultados mostram que os Estudos sobre as Mulheres, de Género e Feministas (EMGF) têm vindo a consolidar-se como um campo de estudos interdisciplinares e com uma tendência crescente para a inves­tigação de caráter colaborativo. Ao longo das duas décadas analisadas, é possível encontrar a emergência de diferentes temáticas e conceções, e uma diversidade nos perfis e regimes de autoria. A publicação destes resultados do estudo bibliométrico realizado procura facilitar a definição dos futuros possíveis e desenvolvimento do campo dos EMGF, num contexto de diálogo nacional e internacional.

Palavras-chave : bibliometria; revistas ex ӕquo e Faces de Eva; Estudos sobre as Mulheres / de Género / Feministas; Portugal; 1999-2019.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons