SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número27Who is affraid of Pink? O caso da estátua de Joana D’Arc em Lille: Happening queer e as dissidências dentro do contexto LGBT francêsAmor, Arte e Ecofeminismo: Centenas voando ou subvertendo «amar» índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ex aequo

versão impressa ISSN 0874-5560

Resumo

PINHO, Armando F.  e  OLIVEIRA, João Manuel de. O olhar político feminista na performance artística autobiográfica. Ex aequo [online]. 2013, n.27, pp.56-76. ISSN 0874-5560.

A história da performance artística confunde-se com a dos movimentos e teorias feministas, evidenciando-se uma relação simbiótica persistente. A performance autobiográfica feminista é, contudo, a mais consonante com a dimensão política daquilo que é pessoal, explorando criticamente a dialética público/privado, tão significativa para as perspetivas feministas. Por isso, interessa-nos refletir sobre a constância destas relações e como se manifestam atualmente, de forma a articular estes trabalhos artísticos com uma leitura feminista e concluir acerca do seu significado e impacto políticos, tal como é exemplificado a partir da obra de Carlota Lagido. Deste estudo ressalta a pertinência de uma interligação mais intencional entre os movimentos sociais feministas, a academia e as artes, com particular destaque para a performance artística.

Palavras-chave : Performance autobiográfica; feminismos; pessoal-político; público-privado.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons