SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número21Contribuições dos Estudos de Género às Investigações que Enfocam a Masculinidade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ex aequo

versão impressa ISSN 0874-5560

Resumo

ESQUIVEL, Patrícia. Mulheres Artistas na Idade da Razão. Arte e Crítica na Década de 1960 em Portugal. Ex aequo [online]. 2010, n.21, pp.143-160. ISSN 0874-5560.

O novo estatuto das mulheres artistas nos anos de 1960 em Portugal é analisado a partir das obras das artistas mais significativas (Paula Rego, Helena Almeida e Lourdes Castro) e da sua recepção por parte da crítica. Trata-se de uma verdadeira transformação. Ao nível da postura dessas mulheres, quebram-se as barreiras que as confinavam a um tipo de arte particular - arte feminina. Ao nível da crítica, ultrapassa-se uma atitude paternalista e discriminatória e aposta-se em critérios mais imparciais e sem preconceitos de género. Estabelece-se o contraponto entre uma arte feminina, qualificada pela crítica na primeira metade do século XX como ingénua, lírica, sensível e manifestamente solar, e uma arte de natureza reflexiva e experimental, feita nos anos de 1960 por mulheres com capacidade crítica e conceptual.

Palavras-chave : Mulheres artistas (em Portugal); Crítica de arte (em Portugal); Anos de 1960; Paula Rego; Helena Almeida.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons