SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número20Personae «Masculinas» na videoarte de mulheresMolduras públicas de performatividade queer e representação mediática em Portugal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ex aequo

versão impressa ISSN 0874-5560

Resumo

BRANDAO, Ana Maria. Queer, mas não muito: género, sexualidade e identidade nas narrativas de vida de mulheres. Ex aequo [online]. 2009, n.20, pp.81-96. ISSN 0874-5560.

Partindo de uma investigação empírica baseada nas narrativas de vida de um conjunto de mulheres envolvidas em relações homo-eróticas, pretende-se discutir algumas propostas da teoria queer, explorando a aplicação do conceito de performatividade e as teses da fluidez identitária ao estudo das identidades. Em especial, examina-se até que ponto as entrevistadas partilham de uma visão das relações entre género, desejo e identidade como sendo fluidas, incoerentes e instáveis, como se relaciona a visão que defendem com a identidade sexual que reclamam e de que modo é essa identidade construída através de práticas de modelação e apresentação do corpo. Os resultados sugerem a necessidade de aprofundar e expandir a análise dos pontos de tensão entre género e sexualidade.

Palavras-chave : Performatividade; teoria queer; identidade; homo-erotismo feminino.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons