SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número20Por um feminismo queer: Beatriz Preciado e a pornografia como pre-textosEscrito no corpo: género, violência e desejo queer na peça Cleansed de Sarah Kane índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ex aequo

versão impressa ISSN 0874-5560

Resumo

CLARKE, Victoria  e  PEEL, Elizabeth. Daqui ao queer? Armadilhas e possibilidades. Ex aequo [online]. 2009, n.20, pp.41-53. ISSN 0874-5560.

Neste artigo, consideramos a relação entre psicologia gay e lésbica, recentemente mais conhecida como psicologia lésbica, gay, bissexual, trans e queer (LGBTQ) e a teoria queer. Assinalamos alguns dos modos através dos quais este campo de estudo se pode tornar mais interseccional, por exemplo, levando o género mais a sério, antes de voltar a nossa atenção para a teoria queer. Exploramos algumas das críticas à incorporação da teoria queer neste campo do saber. Como conclusão, sugerimos que uma tentativa de queerização da psicologia LGBTQ criará possibilidades frutíferas para o desenvolvimento desta área.

Palavras-chave : lésbica; gay; bisexual; trans; queer; LGBTIQ; psicologia.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons