SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número18Oportunidades e riscos em tempos de globalização - a influência do género no exercício de diferentes profissõesO Trabalho das mulheres: Mensuração e Significado índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ex aequo

versão impressa ISSN 0874-5560

Resumo

BECK, Vanessa. Mulheres desempregadas e seus papéis - Revisitando debates e exemplos alemães. Ex aequo [online]. 2008, n.18, pp.39-55. ISSN 0874-5560.

A crescente participação das mulheres no mercado de trabalho ao longo das décadas mais recentes leva-nos a analisar as implicações das mudanças não somente ao nível do trabalho remunerado, mas igualmente as que ocorrem nas margens do mercado de trabalho e do desemprego. Este artigo centra-se nas estratégias empreendidas pelas mulheres desempregadas, considerando a articulação com outros papéis que também desempenham. A partir do exemplo da Alemanha de Leste, ex-socialista, onde o envolvimento das mulheres na esfera laboral foi encorajado ou até mesmo imposto, analisam-se as suposições subjacentes ao modo como as mulheres devem enfrentar a situação de desemprego. A centralidade do emprego, patente nas biografias das mulheres desempregadas da Alemanha de Leste, produz respostas ao despedimento diferentes daquelas da Alemanha Ocidental. Sugere-se que a construção social do género, através das identidades do trabalho, e a importância individual e social atribuída ao emprego são elementos centrais na determinação de respostas e estratégias para enfrentar o desemprego. Além disso, indica-se que há alternativas ao emprego que podem assentar no trabalho e não no género.

Palavras-chave : desemprego; mulheres; trabalho; papéis alternativos; Alemanha de Leste.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons