SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número1O modelo das exigências-controlo e a saúde mental dos empregados: O papel mediador do conflito trabalho-família índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia

versão impressa ISSN 0874-2049

Resumo

REGO, Arménio et al. Garra dos líderes e capital psicológico dos liderados: Uma exploração concetual de condições moderadoras. Psicologia [online]. 2020, vol.34, n.1, pp.1-12. ISSN 0874-2049.  http://dx.doi.org/10.17575/psicologia.v34i1.1435.

A garra (termo aqui traduzido de grit ) tem sido encarada como crucial para o sucesso dos indivíduos e a eficácia dos líderes, embora alguns autores não sustentem essa tese. A investigação empírica é escassa e pouco conclusiva. Um possível caminho para melhor compreender este construto passa por considerar condições moderadoras. Aqui discutimos três dessas condições: (1) garra veiculada pelo líder versus garra autoatribuída; (2) humildade expressa pelo líder; (3) apoio social expresso pelo líder. O modelo concetual argumenta que o líder que veicula mais garra perante os liderados desenvolve o capital psicológico destes, mas esse efeito é mitigado, ou mesmo anulado, se o líder for desprovido de humildade e não facultar apoio social aos liderados. Distintamente, o líder estimula o capital psicológico dos liderados se, além de veicular garra, também expressar humildade e apoio social aos liderados.

Palavras-chave : Liderança; garra (grit); garra veiculada versus garra autoatribuída; humildade; apoio social; capital psicológico.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons