SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número2Comportamentos e motivos dos/as observadores/as de bullying: Contributos para a sua avaliaçãoMecanismos de proteção perante a vitimização por pares e a discriminação índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia

versão impressa ISSN 0874-2049

Resumo

ANTONIO, Raquel; GUERRA, Rita  e  MOLEIRO, Carla. Ter amigos com amigos gays/lésbicas? O papel do contacto alargado, empatia e ameaça nas intenções comportamentais assertivas dos bystanders. Psicologia [online]. 2017, vol.31, n.2, pp.15-23. ISSN 0874-2049.  http://dx.doi.org/10.17575/rpsicol.v31i2.1138.

Os pares estão presentes em mais de 80% dos episódios de bullying e a investigação tem revelado que os bystanders têm um papel muito importante na interrupção dos episódios de bullying. No entanto, pouco se sabe acerca dos preditores das intervenções assertivas dos bystanders. Este estudo explorou se o contacto alargado (i.e., ter amigos que têm amigos gays/lésbicas) está relacionado com intenções comportamentais assertivas de ajuda às vítimas de bullying homofóbico, através do aumento da empatia e da diminuição da ameaça à masculinidade/feminilidade. Um questionário online foi preenchido por 87 adolescentes heterossexuais (entre os 12 e os 18 anos). Como esperado, os resultados revelaram que o contacto alargado esteve associado a mais intervenções assertivas, através do aumento da empatia afectiva e da diminuição da ameaça à masculinidade/feminilidade. Estes efeitos permitem replicar e alargar a investigação anterior, ilustrando os mecanismos através dos quais o contacto alargado influencia positivamente as intervenções dos bystanders.

Palavras-chave : Bullying; Homofobia; Contacto alargado; Bystanders.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons