SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número1Relações entre a regulação da satisfação de necessidades psicológicas e a sintomatologiaAnálise fatorial confirmatória da versão portuguesa da escala Preschool Play Behaviour Scale para educadoras índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia

versão impressa ISSN 0874-2049

Resumo

PINHEIRO, Ana Filipa; FERNANDES, Otília Monteiro  e  RELVA, Inês Carvalho. Fratria: Tratamento parental diferenciado e estados emocionais negativos. Psicologia [online]. 2017, vol.31, n.1, pp.17-26. ISSN 0874-2049.  http://dx.doi.org/10.17575/rpsicol.v31i1.1140.

Para compreendermos a dinâmica familiar, temos de conhecer a constituição da família, pois são as características dos seus membros e das relações entre eles que influenciam essa dinâmica, nomeadamente, o número de filhos e as experiências diferenciadas, como a perceção da justiça e as doenças, que cada um deles tiveram e têm. Nesta amostra de 244 adolescentes verificámos que os adolescentes do sexo masculino sentem uma maior diferenciação ao nível do tratamento parental comparativamente aos adolescentes do sexo feminino, e que a depressão se correlaciona positivamente com o tratamento materno diferenciado, tendo este, assim, um contributo significativo para o aparecimento da depressão nos adolescentes. Como o tratamento materno diferenciado parece influenciar o bem-estar emocional dos adolescentes, parece-nos importante que se façam mais investigações de modo a compreender melhor qual o seu impacto e as suas repercussões na vida dos filhos, quer na adolescência, quer na infância.

Palavras-chave : Tratamento parental diferenciado; Relação entre irmãos; Estados emocionais; Relação parental.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons