SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue2Educators beliefs about childhood, learning and scholarization of children in school and multi-ethnic contextsStatute, ethnic identity and perceived variability in children author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Psicologia

Print version ISSN 0874-2049

Abstract

REBELO, Margarida; MATIAS, Catarina  and  MONTEIRO, Maria Benedicta. Efeitos da recategorização e da descategorização na redução do enviesamento intergrupal: A perspectiva do desenvolvimento infantil. Psicologia [online]. 2002, vol.16, n.2, pp.351-386. ISSN 0874-2049.  http://dx.doi.org/10.17575/rpsicol.v16i2.484.

Os estudos em epígrafe testam a eficácia do modelo da recategorização (Gaertner et al, 1989) e da descategorização (Brewer & Miller, 1984) na redução do enviesamento intergrupal, em crianças DE baixo e de elevado estatuto étnico. Ambos os estudos foram estruturados de acordo com um desenho experimental de 3 (condição) x 2 (estatuto étnico do grupo) x 2 (grupo-alvo). As medidas dependentes consideradas foram a avaliação social, a atribuição de recursos e a proximidade social. Os resultados obtidos no estudo 1 (grupos com estatuto étnico equivalente) mostraram que as crianças de elevado estatuto reduzem o favoritismo endogrupal através da recategorização. No estudo 2 (grupos com desigualdade de estatuto étnico) tanto a recategorização como a descategorização foram eficazes a reduzir o favoritismo endogrupal. De acordo com as hipóteses, a redução do enviesamento intergrupal, na recategorização, processou-se através do aumento da atracção pelos membros do exogrupo, enquanto que na descategorização se operou a partir da diminuição da atracção pelos membros do exogrupo.

Keywords : Simetria e assimetria intergrupal; relações interétnicas na infância; modelo da identidade endogrupal comum; redução do enviesamento intergrupal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License