SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.serV número2Atención de enfermería de rehabilitación y proceso de emancipación índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Revista de Enfermagem Referência

versión impresa ISSN 0874-0283versión On-line ISSN 2182-2883

Resumen

PAROLA, Vítor; COELHO, Adriana; FERNANDES, Olga  y  APOSTOLO, João. Teoria de Travelbee: Modelo de Relação Pessoa-a-Pessoa - adequação à enfermagem em contexto de cuidados paliativos. Rev. Enf. Ref. [online]. 2020, vol.serV, n.2, pp.e20010-e20010. ISSN 0874-0283.  http://dx.doi.org/10.12707/RV20010.

Enquadramento: O modelo teórico de Travelbee influenciou significativamente o movimento de cuidados paliativos. Segundo Travelbee, a Relação Pessoa-a-Pessoa é o meio através do qual o objetivo da enfermagem é cumprido. Neste sentido, os enfermeiros são desafiados à implementação de uma prática mais reflexiva, pautada pela compaixão e pela simpatia. Objetivo: Descrever o Modelo de Relação Pessoa-a-Pessoa de Travelbee e apresentar uma estrutura conceptual adequada para os cuidados de enfermagem em contexto de cuidados paliativos. Principais tópicos em análise: Enquadrar a teoria de Travelbee nas teorias de enfermagem. Descrever a adequação da teoria ao contexto dos Cuidados Paliativos. Refletir sobre a visão de enfermagem segundo Travelbee. Analisar a sua relevância no contexto da enfermagem. Conclusão: O Modelo de Relação Pessoa-a-Pessoa de Travelbee vai ao encontro da filosofia dos cuidados paliativos, apresentando-se como um processo interpessoal em que o enfermeiro intervém no processo de sofrimento mas também na sua prevenção.

Palabras clave : enfermagem; relações enfermeiro-paciente; teoria de enfermagem; cuidados paliativos.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons