SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.serV número2La expectativa de la pareja sobre el plan de partoEvaluación de las propiedades psicométricas del Cuestionario de Autorregulación para el tratamiento con medicamentos en enfermedades crónicas índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Revista de Enfermagem Referência

versión impresa ISSN 0874-0283versión On-line ISSN 2182-2883

Resumen

FIGUEIREDO, Ângela Maria Sousa; LOMBA, Maria de Lourdes Lopes de Freitas; LOUREIRO, Luís Manuel de Jesus  y  BACKES, Dirce Stein. A resiliência de adolescentes com doença crónica: o papel do enfermeiro na sua promoção. Rev. Enf. Ref. [online]. 2020, vol.serV, n.2, pp.e20008-e20008. ISSN 0874-0283.  http://dx.doi.org/10.12707/RV20008.

Enquadramento: O modo como adolescentes com doença crónica (ADC) lidam com adversidades relaciona-se com o seu potencial de resiliência, construído também através da relação estabelecida com enfermeiros. Objetivos: Identificar intervenções de enfermagem promotoras de resiliência em ADC; avaliar a resiliência de ADC; e relacionar o seu nível de resiliência com intervenções recebidas. Metodologia: Estudo misto exploratório sequencial - um primeiro estudo qualitativo, com um grupo focal de 8 enfermeiros de um hospital pediátrico, elencando-se uma lista de intervenções de enfermagem promotoras de resiliência (LIER); e um segundo quantitativo, aplicando-se um questionário a 32 ADC (incluindo a Resilience Scale e a LIER obtida no primeiro estudo). Resultados: Os enfermeiros enumeram diferentes intervenções de enfermagem promotoras de resiliência. Numa amostra de 32 ADC, o nível de resiliência é médio, superior nos do foro neurológico e nas raparigas. Verificou-se baixa correlação entre o nível de resiliência e as intervenções de enfermagem. Conclusão: Sugere-se a divulgação dos resultados e um investimento crescente para que a promoção da resiliência dos ADC resulte, inequivocamente, das intervenções de enfermagem.

Palabras clave : resiliência psicológica; adolescente; doença crónica; enfermagem prática.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons