SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.serV número1Consulta prenatal en la atención primaria de salud: debilidades y potencialidades de la intervención de los enfermeros brasileñosEficacia del programa de primeros auxilios para la salud mental en los estudiantes de enfermería índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Revista de Enfermagem Referência

versión impresa ISSN 0874-0283versión On-line ISSN 2182-2883

Resumen

ESPIRITO SANTO, Sônia Suelí Souza do et al. Consumo de substâncias psicoativas em pacientes com tuberculose: adesão ao tratamento e interface com Intervenção Breve. Rev. Enf. Ref. [online]. 2020, vol.serV, n.1, pp.e19093-e19093. ISSN 0874-0283.  http://dx.doi.org/10.12707/RIV19093.

Enquadramento: O consumo de substâncias psicoativas associado à tuberculose estabelece uma urgente questão de saúde pública. Objetivo: Caracterizar o perfil e o consumo das substâncias psicoativas dos pacientes em tratamento da tuberculose e analisar a relação entre as variáveis de saúde, o consumo e a adesão ao tratamento, na perspetiva da Intervenção Breve (IB). Metodologia: Estudo descritivo correlacional, com 114 pacientes, utilizando o Self-Reporting Questionnaire e o Alcohol Smoking and Substance Involvement Screening Test, no período de 2016 a 2017. Resultados: Os fumadores que consumiam álcool (p = 0,058) e aqueles que relataram não ter doenças crónicas (p = 0,024) apresentaram necessidade de receber IB. O consumo de cannabis destacou-se entre os fumadores (p = 0,009). Relativamente à frequência da adesão ao tratamento, 40% faziam uso de tabaco, 21,1% uso de álcool, 10,5% uso de cannabis e 13,7% de cocaína. Conclusão: Verificou-se a vulnerabilidade desta população em relação ao consumo de substâncias psicoativas quanto à adesão ao tratamento.

Palabras clave : tuberculose; adesão ao tratamento; rastreamento; substâncias psicoativas; enfermagem.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons