SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.serIV número12Qualidade de vida de crianças com doença renalValidação de uma Escala de Satisfação dos Enfermeiros com o Trabalho para a população portuguesa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista de Enfermagem Referência

versão impressa ISSN 0874-0283

Resumo

SOUZA, Joana D'Arc de; JUNIOR, João Mário Pessoa  e  MIRANDA, Francisco Arnoldo Nunes de. Stresse em serviço de urgência e os desafios para enfermeiros brasileiros e portugueses. Rev. Enf. Ref. [online]. 2017, vol.serIV, n.12, pp.107-116. ISSN 0874-0283.  http://dx.doi.org/10.12707/RIV16064.

Enquadramento: O stresse em serviço de urgência configura-se como um dos principais problemas de saúde pública, repercutindo-se de forma negativa na vida dos trabalhadores. Objetivos: Analisar a opinião de enfermeiros brasileiros e portugueses sobre o stresse em serviço de urgência. Metodologia: Estudo descritivo de abordagem qualitativa, realizado com 120 enfermeiros em 2 serviços públicos de saúde, um no Brasil e outro em Portugal. Os dados foram colhidos através de entrevistas semiestruturadas, processados pelo software Alceste versão 4.7 e interpretados com análise temática de conteúdo. Resultados: Elaboraram-se 2 blocos temáticos: o trabalho no setor de urgência e a sua interface com o stresse, e o setor de urgência: cenários e desafios. Conclusão: Os enfermeiros compreendem o stresse em serviço de urgência com sentimentos de insatisfação, configurando um trabalho constituído de dificuldades, perpassado pela impossibilidade de atender às necessidades dos usuários segundo os padrões da dignidade humana.

Palavras-chave : esgotamento profissional; enfermagem; emergências; saúde do trabalhador; agotamiento profesional; enfermería; urgencias médicas; salud laboral.

        · resumo em Português | Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons