SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.serIV número12A dependência de tabaco em estudantes de enfermagemConsumo de álcool e tabaco em jovens portadores do vírus de imunodeficiência humana índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista de Enfermagem Referência

versão impressa ISSN 0874-0283

Resumo

JORGE, Beatriz Maria et al. A pessoa com retenção urinária: perceção do estudante e evidências científicas da utilização do ultrassom portátil. Rev. Enf. Ref. [online]. 2017, vol.serIV, n.12, pp.19-26. ISSN 0874-0283.  http://dx.doi.org/10.12707/RIV16078.

Enquadramento: Na assistência e ensino da enfermagem é infrequente o uso do ultrassom de bexiga na avaliação do paciente em retenção urinária. Objetivo: Analisar a perceção do aluno de enfermagem sobre proficiência, conhecimento e habilidade na avaliação da retenção urinária e na execução do cateterismo urinário e identificar evidências científicas da utilização do ultrassom de bexiga na formulação do diagnóstico de retenção urinária. Metodologia: Realizados dois estudos: 1) descritivo, tendo participado 305 estudantes de enfermagem (dados colhidos por questionário); 2) revisão integrativa da literatura. Resultados: No estudo 1, verificou-se que os estudantes referem maior confiança para a realização do cateterismo urinário do que para a avaliação da pessoa em retenção urinária. No estudo 2, surge a evidência de que o ultrassom de bexiga é uma tecnologia que proporciona segurança ao profissional e ao paciente, qualificando o ensino e a assistência. Conclusão: A complexidade da assistência de enfermagem na retenção urinária pode ser qualificada com o uso do ultrassom de bexiga.

Palavras-chave : cuidados de enfermagem; enfermagem; retenção urinária; cateterismo urinário; ultrassom.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons