SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.serIV número10Salud mental y comportamientos de la esfera suicida de los adolescentes de una región insular portuguesaSupervisión a distancia en enfermería: una realidad que los enfermeros desean índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Revista de Enfermagem Referência

versión impresa ISSN 0874-0283

Resumen

QUEIROS, Paulo Joaquim Pina et al. Significados atribuídos ao conceito de cuidar. Rev. Enf. Ref. [online]. 2016, vol.serIV, n.10, pp.85-94. ISSN 0874-0283.  http://dx.doi.org/10.12707/RIV16022.

Enquadramento: O cuidar é assumido como conceito central em enfermagem e reportado pelos enfermeiros como caracterizador da sua ação. É considerado a essência da enfermagem. Objetivos: Conhecer os significados atribuídos ao cuidar pelos enfermeiros e por estudantes de enfermagem. Metodologia: Estudo quantitativo, exploratório-descritivo. Utilizou-se a Escala de Avaliação do Significado de Cuidar (EASC), de 44 itens, 5 dimensões (Cuidar como Característica Humana, Imperativo Moral, Afeto, Relação Interpessoal e como Intervenção Terapêutica). Amostra não probabilística de conveniência com 251 respondentes, 122 estudantes do 1º ano, 48 estudantes do 4º ano do CLE e 81 enfermeiros. Resultados: Média mais elevada nas dimensões Intervenção Terapêutica e Relação Interpessoal, e mais baixa na Característica Humana e Afeto. As diferenças de médias entre os dois sexos não é estatisticamente significativa para qualquer dimensão e no total da escala. Conclusão: Ao cuidar é atribuído, sobretudo, o significado de Intervenção Terapêutica e Relação Interpessoal. Obtém pontuações mais reduzidas o cuidar como Imperativo Moral, Afeto e Característica Humana.

Palabras clave : cuidados de enfermagem; enfermagem; teoria de enfermagem.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons