SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.serIV número5Efectos de la movilización temprana en la rehabilitación funcional de los pacientes en estado crítico: una revisión sistemática índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Revista de Enfermagem Referência

versión impresa ISSN 0874-0283

Resumen

QUEIROS, Paulo Joaquim Pina. Cuidar: da condição de existência humana ao cuidar integral profissionalizado. Rev. Enf. Ref. [online]. 2015, vol.serIV, n.5, pp.139-146. ISSN 0874-0283.  http://dx.doi.org/10.12707/RIV14079.

Enquadramento: Os enfermeiros assumem o cuidar como definidor do seu trabalho e do seu saber. Objetivos: Procurámos ir ao encontro do cuidar humano, descobrindo suas significações ao longo do devir histórico e sentido atual para a enfermagem. Principais tópicos em análise: Reflexão na procura de significações e sentidos que o cuidar tem para os humanos, partindo dos textos clássicos: Primeiro Alcibíades de Platão; o drama Filoctetes de Sófocles; e a fábula/mito Cuidar de Higino. Onde, entre outros, Heidegger, Foucault e Boff percebem a essência do cuidar e dão-lhe significado com utilidade para o enquadramento disciplinar da enfermagem. Conclusão: Encontrámos um cuidar eminentemente humano e condição primeira de humanidade em Alcibíades, constitutivo e fundador de ser-humano em Higino; de inerente imperativo ético com Sófocles. Contributos indispensáveis para a compreensão atual do conceito cuidar, sua destrinça com o conceito prestação de cuidados e esclarecimento do sentido de cuidados profissionais de enfermagem.

Palabras clave : enfermagem; filosofia; conhecimento; cuidados de enfermagem.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons