SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.serIII número11Resiliencia y adaptación a la maternidad en el pospartoViolencia en las relaciones de intimidad: creencias y actitudes de estudiantes de la enseñanza secundaria índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Revista de Enfermagem Referência

versión impresa ISSN 0874-0283

Resumen

ANDRE, Suzana Maria Fernandes Serrano; NUNES, Maria Madalena Jesus Cunha; MARTINS, Maria Manuela Ferreira Pereira da Silva  y  RODRIGUES, Vítor Manuel Costa Pereira. Saúde mental em cuidadores informais de idosos dependentes pós-acidente vascular cerebral. Rev. Enf. Ref. [online]. 2013, vol.serIII, n.11, pp.85-94. ISSN 0874-0283.  http://dx.doi.org/10.12707/RIII1297.

Contexto: o acidente vascular cerebral (AVC) constitui um desafio pelo impacto social e pelas repercussões na vida das vítimas e famílias. Torna-se, assim, pertinente estudar a saúde mental do cuidador informal de idosos dependentes pós-AVC. Objetivo: determinar as variáveis preditoras da saúde mental do cuidador informal. Métodos: estudo transversal descritivo realizado numa amostra não-probabilística por conveniência com 636 cuidadores com idades entre os 17 - 85 anos (média=50.19 ± 14.30), residentes na sub-região Dão Lafões integrada, Portugal. A colheita de dados foi suportada em: escala de rastreio em saúde mental, Questionário de Avaliação da Sobrecarga do Cuidador Informal, Inventário de Personalidade, Escala de Vulnerabilidade ao Stress, Índice de Katz. Resultados: constatou-se que a saúde mental é boa em 58% dos inquiridos, razoável em 5,2% e fraca em 36,8%. Apresentou-se vulnerável ao stress 55,0% dos cuidadores e 45,0 % não vulneráveis. Configuraram-se preditoras da saúde mental: a vulnerabilidade ao stress, as implicações na vida pessoal e o neuroticismo. Conclusões: traduzem as evidências que as variáveis psicológicas predizem a saúde mental dos cuidadores informais. Logo, impõe-se considerá-las quando se planeiam boas práticas de enfermagem para o seu atendimento, e se selecionam estratégias atenuantes do impacto do stress e da sobrecarga.

Palabras clave : acidente vascular cerebral; saúde mental; cuidadores.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons