SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.serIII número10La espiritualidad de personas con VIH/sida: un estudio de representaciones socialesDestete precoz: aspectos de la realidad de las trabajadoras informales índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Revista de Enfermagem Referência

versión impresa ISSN 0874-0283

Resumen

BATISTA, Margarida; DIXE, Maria dos Anjos  y  ALVES, Paulo. Attitude Towards Pressure Ulcers Instrument: validação e adaptação transcultural para a população portuguesa de enfermeiros. Rev. Enf. Ref. [online]. 2013, vol.serIII, n.10, pp.25-33. ISSN 0874-0283.  http://dx.doi.org/10.12707/RIII12130.

Contexto/objetivos: A investigação e a prática têm evidenciado a importância das atitudes dos enfermeiros na prevenção das úlceras de pressão e a necessidade da elaboração de instrumentos de medida válidos e fiáveis para a sua avaliação. Respondendo a esta necessidade, procedemos à validação transcultural do Attitude Towards Pressure Ulcers Instrument (APU) para a população portuguesa. Metodologia: Realizou-se um estudo metodológico numa amostra não-probabilística de estudantes de enfermagem (n=147) e enfermeiros (n=155). Foi utilizada a metodologia usada no estudo de validação original. Resultados: A tradução-retrotradução com a participação de um painel de peritos garantiu a equivalência semântica e conceptual. A análise fatorial determinou que os 22 itens se organizam em 5 fatores (importância, responsabilidade, obstáculos/barreiras, confiança na eficácia e competências pessoais), explicando 53,6% da variância total. Obteve-se um poder descriminante da escala em alguns dos grupos comparados. O coeficiente a Cronbach total=0,847 garantiu a consistência interna da escala e a confiabilidade teste-reteste revelou coeficientes de correlação r=0,883 comprovando a sua estabilidade temporal. Enfermeiros e estudantes revelaram uma atitude positiva acerca dos itens da escala, sem diferença estatisticamente significativa entre estes (t=0,567; p>;0,05). Conclusão: A escala APu-PT evidenciou ser fiável e válida para a prática, ensino e investigação.

Palabras clave : úlcera por pressão; enfermagem; escala; atitudes.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons