SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.serIII número6História social da enfermagem brasileira: afrodescendentes e formação profissional pós-1930Perceções parentais sobre estado nutricional, imagem corporal e saúde em crianças com idade escolar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista de Enfermagem Referência

versão impressa ISSN 0874-0283

Resumo

FERNANDES, Cátia Priscila Lemos et al. Ansiedade e necessidades dos cuidadores de crianças com e sem deficiência. Rev. Enf. Ref. [online]. 2012, vol.serIII, n.6, pp.181-189. ISSN 0874-0283.  http://dx.doi.org/10.12707/RIII11106.

Objetivos: comparar os níveis de ansiedade dos cuidadores de crianças com deficiência com os dos cuidadores de crianças sem deficiência e conhecer o papel do enfermeiro no auxílio do cuidado das crianças, na opinião dos cuidadores. Enquadramento: os cuidadores das crianças com deficiência possuem responsabilidades na gestão da condição crónica da criança. A prestação desses cuidados pode ser prejudicial para a saúde física e bem-estar psicológico (King et al., 1999). Metodologia: estudo quantitativo, com amostra do tipo não probabilística por conveniência, constituída por 56 indivíduos. Os dados foram recolhidos através de dois questionários constituídos por características sociodemográficas da amostra, grau de capacidade da criança deficiente, escala de avaliação do apoio social à família, questionário relativo às dificuldades e necessidades das famílias e STAI. Resultados: os cuidadores de crianças com deficiência apresentam maiores níveis de ansiedade-estado e traço relativamente aos outros cuidadores. A idade da criança é preditiva de ansiedade. O enfermeiro pode ajudar os cuidadores de crianças com deficiência demonstrando mais carinho e paciência na sua intervenção. Conclusão: o enfermeiro deve desenvolver iniciativas nos cuidados domiciliários, apoiando e informando os cuidadores para uma melhor prestação de cuidados, aliviando a sua sobrecarga. Assim, o desafio será diminuir a sobrecarga do cuidador.

Palavras-chave : ansiedade; cuidadores; crianças com deficiência.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons