SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número3Cultura organizacional sob o prisma das teorias de cross-culture: um estudo de caso brasileiroMindfulness, pasos hacia un consumo consciente índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Economia Global e Gestão

versão impressa ISSN 0873-7444

Resumo

CASTRO, Conceição. Impacto da redução de impostos sobre o trabalho, capital e consumo no crescimento económico da União Europeia dos 15. Economia Global e Gestão [online]. 2011, vol.16, n.3, pp.47-73. ISSN 0873-7444.

Este artigo tem por objectivo averiguar se uma redução nos impostos sobre o trabalho, capital e consumo poderão afectar permanentemente o crescimento económico, validando o paradigma do crescimento endógeno ou, se pelo contrário, afectam apenas o nível de output (teoria do crescimento exógeno). Recorrendo às taxas efectivas de impostos sobre as funções económicas estimadas por Martinez-Mongay (2000) e à estimação de modelos dinâmicos de séries temporais, que permitem estudar os efeitos de curto e de longo prazo, os resultados obtidos para 14 Estados-Membros da União Europeia dos 15, no período 1970-2000, sugerem a validação do paradigma de crescimento endógeno. Em particular, a redução dos impostos sobre o trabalho e o capital poderia estimular o crescimento económico de longo prazo.

Palavras-chave : Política Fiscal; Taxas Efectivas de Impostos sobre o Trabalho; Capital e Consumo; Crescimento Económico.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )