SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número2Parcerias público-privadas em AngolaTransições e Metamorfoses: Um contributo para o debate sobre os desafios do sindicalismo no contexto das globalizações índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Economia Global e Gestão

versão impressa ISSN 0873-7444

Resumo

DIAS, João Ferreira  e  PSICO, José Augusto Tomo. O desempenho social das instituições de microfinanças em Moçambique . Economia Global e Gestão [online]. 2008, vol.13, n.2, pp.43-59. ISSN 0873-7444.

As microfinanças são um instrumento de superação das restrições financeiras e correlativas dos mais carenciados, para que as suas capacidades se possam desenvolver. Esta actividade de inclusão financeira deve ser sustentável e pode ser rentável. Inúmeros estudos foram efectuados sobre o impacto das microfinanças, ao nível local e dos indivíduos beneficiários, bem como sobre a sustentabilidade financeira dessas instituições. O presente estudo trata dum assunto pouco analisado: o desempenho social das instituições de microfinanças (IMFs), ou seja a sintonia entre a dimensão social da missão estratégica e a actuação concreta das IMFs. Para tal utilizámos o instrumento SPI - Social Performance Indicators, cedido pelo CERISE para avaliar o desempenho das instituições de microfinanças em Moçambique. A amostra é constituída por sete IMFs moçambicanas que representam 80% da carteira em Moçambique. Os resultados mostram uma grande concentração nas principais zonas urbanas e um desempenho social médio que carece de melhoria. Em comparação com os resultados internacionais a média Moçambicana é inferior.

Palavras-chave : Instituições Financeiras e Serviços; Pobreza; Responsabilidade Social.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )