SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número2As organizações económico-sociais e os seus stakeholdersO marketing relacional e a fidelização de clientes - Estudo aplicado ao termalismo português índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Economia Global e Gestão

versão impressa ISSN 0873-7444

Resumo

SANTOS, Fernando Augusto de Sá Neves dos. Crentes e descrentes na globalização. Economia Global e Gestão [online]. 2007, vol.12, n.2, pp.95-107. ISSN 0873-7444.

Os jovens vêm o futuro como algo inevitável, mas temem-no ou ambicionam-no de diferentes formas, consoante as suas vivências e características culturais. Através de um questionário sobre os sentimentos que associam ao processo de globalização procedemos a uma classificação dos respondentes. O questionário foi colocado a jovens estudantes universitários de Portugal, Espanha, Macau, China, Alemanha, Moçambique e Quénia. Os resultados obtidos indicam que os jovens que mais temem o futuro representam quase um terço de todos os inquiridos. Contudo, verifica-se que não são as características culturais que definem o tipo de sentimentos face ao processo de globalização. Os jovens mais receosos do que o futuro lhes propiciará são os jovens de Macau e da Alemanha e os que são em menor número pertencem aos países africanos. Os que têm expectativas elevadas quanto ao futuro são os jovens da península ibérica e de África.

Palavras-chave : Segmento; Globalização; Juventude.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )