SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número6Doença pulmonar obstrutiva crónica: Uma revisãoMetastização pulmonar na apresentação de angiossarcoma cardíaco: Caso clínico e discussão índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Portuguesa de Pneumologia

versão impressa ISSN 0873-2159

Resumo

LOPES, Telma et al. Hemangioendotelioma epitelióide do pulmão: Raridade, dificuldades diagnósticas e terapêutica. Rev Port Pneumol [online]. 2009, vol.15, n.6, pp.1167-1174. ISSN 0873-2159.

Os autores apresentam um caso de hemangioendotelioma epitelioide (HEE) primário do pulmão num doente de 51 anos, sexo masculino, que iniciou queixas de tosse seca, seguida de sintomas constitucionais e dispneia. Apôs realização de alguns exames complementares de diagnostico, que incluiram biopsia cirúrgica, foi considerada a hipótese de tuberculose pulmonar e iniciou antibacilares, que manteve durante três semanas. Por agravamento clínico e imagiologico, foi feita revisão do caso e estudo imunoistoquimico dos tecidos pulmonares biopsados e concluiu-se estar perante um HEE de alto grau/angiossarcoma do pulmão. Iniciou quimioterapia com carboplatina, etoposido e bevacizumab, com ligeira melhoria. Faleceu sete meses após o aparecimento dos primeiros sintomas e sete semanas apos o diagnostico definitivo. Os autores pretendem realçar a raridade desta neoplasia pulmonar, a importância da suspeição clínica e as dificuldades no diagnostico e tratamento, e salientar os potenciais benefícios da utilização de um fármaco antiangiogenico.

Palavras-chave : Hemangioendotelioma epitelioide; angiossarcoma do pulmão; asbestos; bevacizumab.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )