SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número4Bronquiolite constritiva ocupacional (?) em doente com exame físico, radiológico e funcional normalO papel da neutropenia no prognóstico do doente oncológico com pneumonia adquirida na comunidade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Portuguesa de Pneumologia

versão impressa ISSN 0873-2159

Resumo

GONCALVES, J Rosal. Anestesia em broncofibroscopia: Estudo randomizado comparando o uso tópico da lidocaína ou em associação com o propofol, o alfentanil ou o midazolam. Rev Port Pneumol [online]. 2009, vol.15, n.4, pp.733-735. ISSN 0873-2159.

A broncofibroscopia (BFB) é efectuada geralmente sob anestesia local, com ou sem sedação. O objectivo deste estudo é escolher o protocolo anestésico utilizado durante a BFB que tenha menos complicações e seja mais bem tolerado. Este estudo prospectivo randomizado analisou 80 doentes que foram submetidos a BFB. Os doentes foram randomizados e divididos em quatro grupos de 20 doentes cada, de acordo com a combinação anestésica utilizada: 200 mg de lidocaína tópica1; 200 mg de lidocaína tópica e propofol, 2 mg/kg2; 200 mg de lidocaína tópica e alfentanil 20 mcg/kg3; ou 200 mg de lidocaína tópica e midazolan 0,005 mg/kg4. Durante o exame foram avaliados diversos scores de acordo com diferentes variáveis e, posteriormente, avaliados os scores mais baixos e o respectivo índice de complicações. Os resultados foram avaliados estatisticamente e a análise revelou que a combinação2 200 mg de lidocaína tópica e propofol, 2 mg/kg, teve uma eficácia superior às outras associações.

        · texto em Português     · Português ( pdf )