SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 special issueGuidelines to growing Stevia rebaudiana Bertoni in Bragança, NE PortugalStudy of oregano (Origanum vulgare l.) cultivation in the Elvas region author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Revista de Ciências Agrárias

Print version ISSN 0871-018X

Abstract

CARVALHO, Ana Maria  and  RODRIGUES, Manuel Ângelo. Estacaria de Aloysia citrodora Palau: ensaios de enraizamento em estufa sob diferentes condições. Rev. de Ciências Agrárias [online]. 2017, vol.40, n.spe, pp.51-60. ISSN 0871-018X.  http://dx.doi.org/10.19084/RCA16167.

A espécie aromática e medicinal Aloysia citrodora Palau, Verbenaceae, conhecida como limonete, erva-luísa ou lúcia-lima, é uma das mais cultivadas e comercializadas em Portugal. A instalação e manutenção dos campos de cultivo exigem material de propagação em quantidade e com a qualidade e uniformidade que assegurem a comercialização da biomassa, de acordo com os padrões dos compradores. A possibilidade dos produtores obterem as próprias plantas depende da disponibilidade de material vegetativo ao longo de todo o ano e dos processos de rizogénese que nem sempre são fáceis de induzir. Realizaram-se ensaios de enraizamento de estacas caulinares lenhosas e semilenhosas, preparadas a partir de plantas-mãe cultivadas em campo comercial ao ar livre. O delineamento experimental incluiu estacas caulinares de diferente espessura, diferentes substratos (perlite e composto orgânico comercial), hormona de enraizamento (com e sem auxina), condições de humidade (com e sem nebulização) e temperatura (em bancada aquecida e sem aquecimento). Numa segunda experiência avaliou-se a capacidade de enraizamento de material vegetal colhido ao longo de todos os meses do ano a partir de plantas cultivadas em estufa. As estacas colocadas em perlite originaram percentagens de enraizamento mais elevadas do que as estacas em substrato orgânico, embora os valores tenham sido sempre inferiores a 20%. O substrato orgânico deu melhores resultados, conjugando estacas grossas e ausência de nebulização, por oposição a estacas mais finas com nebulização. Ao longo do ano, as percentagens de enraizamento foram máximas em maio, com valores superiores a 70%. As estacas semilenhosas do período estival originaram percentagens de enraizamento particularmente baixas.

Keywords : limonete; lúcia-lima; propagação vegetativa; enraizamento; estacaria.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License