SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número1Efeito da aplicação ao solo de água-ruça, bagaço de azeitona e um composto sobre os teores de azoto total e mineral e de carbono orgânicoCaracterização dos parâmetros pedológicos que influenciam a produtividade da amendoeira índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista de Ciências Agrárias

versão impressa ISSN 0871-018X

Resumo

DIAS, R.M.S.; SEMPITERNO, C.M.  e  FARROPAS, L.. Efeito da moenda fina das amostras de terra na determinação dos teores de azoto total e carbono total e orgânico. Rev. de Ciências Agrárias [online]. 2010, vol.33, n.1, pp.88-95. ISSN 0871-018X.

A Norma ISO 11464, relativa à prepara­ção de amostras de terra para análise físico­química, preconiza, para tomas de material inferiores a 2 g, que as mesmas sejam sujei­tas a moenda fina (< 0,250 mm) de modo a permitir que a homogeneidade da amostra seja tal que a variabilidade dos resultados seja minimizada. A fim de avaliar a possibi­lidade de dispensar este moroso passo na determinação dos teores de azoto total e carbono total e orgânico, procedeu-se à quantificação destes elementos em sub­amostras apenas moídas manualmente e cri­vadas (< 2 mm) e noutras que, posterior­mente à crivagem, foram sujeitas a uma moenda fina. Utilizaram-se, para o efeito, amostras de sete solos de Portugal Conti­nental, derivadas de diferentes materiais: (a) arenitos (Podzol - PZ); (b) complexo deri­vado de xistos e “rañas” (Luvissolo férrico - LVfr); (c) dioritos ou gabros (Vertissolo pélico - VRpe); (d) granitos (Cambissolo dístrico -CMdy); (e) calcários (Cambissolo calcárico - CMca); (f) aluviões (Fluvissolo - FL) e (g) xistos (Luvissolo háplico - LVha). A determinação do carbono total foi efec­tuada pelo método da combustão seca num analisador elementar segundo a Norma ISO 10694, o teor de carbono orgânico foi calcu­lado a partir do carbono total deduzindo a quantidade deste elemento que está presente na forma de carbonatos e a determinação do azoto total foi efectuada por combustão seca da amostra num analisador elementar segundo a Norma ISO 13878. Os resultados obtidos revelaram que o grau de moenda não afectou significativa­mente (p>0,05) os resultados e a moenda fina da amostra não aumentou significati­vamente (p>0,05) a precisão dos mesmos, quer em termos do teor de azoto total quer de carbono total e orgânico, sugerindo ser dispensável a moenda fina das amostras.

Palavras-chave : análise de solo; azoto; carbono; moenda; Norma ISO 11464.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons