SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número3-4Caso de Estudo: Análise mecânica e fractográfica de um cabo de aço pré-esforçadoEstudo das Propriedades Físicas e Químicas das Turmalinas Elbaíta Verde e Dravita Preta por Espectroscopia Fotoacústica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ciência & Tecnologia dos Materiais

versão impressa ISSN 0870-8312

Resumo

PFINGSTAG, M. E.; MULLER, I. L.  e  SCHAEFFER, L.. Avaliação em relação à corrosão-fadiga de juntas soldadas da liga Inconel 625. C.Tecn. Mat. [online]. 2010, vol.22, n.3-4, pp.65-70. ISSN 0870-8312.

Estudou-se neste trabalho o comportamento à fadiga e à corrosão-fadiga de juntas soldadas da liga Inconel 625. Um dos pontos mais susceptíveis a sofrer esses processos de degradação é a região da solda uma vez que são geradas tensões residuais trativas evido ao processo de soldagem,  e que é acentuada na presença de meios contendo elementos agressivos como cloretos, gás carbônico, entre outros. Os testes utilizados para avaliação desses fenômenos consistiram em curvas de polarização para caracterização do comportamento à corrosão, ensaios de tração ao ar e em presença do meio corrosivo, ensaios de fadiga e corrosão fadiga em máquinas tipo excêntrica, sendo os ensaios foram monitorados com sistema da aquisição de dados adequado. Esta liga demonstrou uma boa resistência a corrosão com um potencial de pite de 0,6 V, e uma boa durabilidade frente a fadiga e  corrosão-fadiga, resistindo mesmo em tensões superiores às de trabalho a mais de 5 milhões de ciclos.

Palavras-chave : Fadiga; corrosão; Inconel 625.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )