SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número1-2Vidros Cerâmicos Nanocristalinos TransparentesRevestimentos autolubrificantes de ZrCN para ferramentas de corte índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ciência & Tecnologia dos Materiais

versão impressa ISSN 0870-8312

Resumo

GOMES, Lúcia P.. Células solares de silício micro/nanocristalino. C.Tecn. Mat. [online]. 2009, vol.21, n.1-2, pp.27-33. ISSN 0870-8312.

Este trabalho teve por objectivo produzir e caracterizar células solares semi-transparentes de silício amorfo (a-Si:H) /microcristalino para aplicação em janelas. As células solares produzidas têm a seguinte estrutura: vidro/ TCO/ p/ i´/ i/ n/ metal. As camadas semicondutoras p, i´, i e n foram produzidas por deposição química de vapores assistida por plasma (PECVD - Plasma Enhanced Chemical Vapor Deposition) de 27,12 MHz (camada intrínseca - i) e de 13,56 MHz (camadas p, i, e n). A camada i´ é uma camada de bloqueio (buffer layer) à difusão de impurezas da camada p para a camada intrínseca. O TCO (transparent conductor oxide) usado foi o óxido de zinco dopado com gálio (GZO), devido à sua estabilidade química e à sua textura natural de superfície. Após optimização do processo, seguiu-se a produção e caracterização de células solares semitransparentes. Inicialmente estudaram-se padrões e geometrias para produzir células solares semi-transparentes em substratos de 4x4 cm2, de modo a garantir uma transmitância nunca inferior a 50%. Para se obter a geometria pretendida na célula foram utilizadas as técnicas de fotolitografia, erosão química via húmida e via seca. Tendo em conta os resultados da caracterização das células, da transmitância e ainda da fiabilidade e custo do processo, foi definida a geometria/padrão para produção de células semi-transparentes em substratos de 10x10 cm2. Com o culminar do trabalho foi realizado um protótipo com a incorporação da célula semi-transparente de 10x10 cm2 no caixilho de uma janela. A produção de um demonstrador de uma janela inteligente, resultante da integração da célula solar semi-transparente com uma janela electrocrómica, foi um grande desafio deste trabalho.

Palavras-chave : células solares semi-transparentes; silício microcristalino; silício nanocristalino; silício amorfo; janela inteligente.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )