SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número3Experiências traumáticas na doença crónica: Relatos de adolescentes com escoliose e diabetesO impacto de programas de intervenção na revisão textual de estudantes do 4º ano de escolaridade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Psicológica

versão impressa ISSN 0870-8231versão On-line ISSN 1646-6020

Resumo

RELVA, Inês Carvalho; ALARCAO, Madalena; FERNANDES, Otília Monteiro  e  GRAHAM-BERMANN, Sandra. Qualidade do relacionamento entre irmãos e tratamento parental diferenciado numa amostra de adolescentes portugueses. Aná. Psicológica [online]. 2019, vol.37, n.3, pp.341-353. ISSN 0870-8231.  http://dx.doi.org/10.14417/ap.1645.

Os irmãos são extremamente importantes na vida do adolescente. Com este estudo tivemos por objetivo explorar de que modo estão relacionados a vinculação entre irmãos, o tratamento parental diferenciado e o uso de táticas resolução de conflito no relacionamento entre irmãos. Numa amostra de 192 adolescentes portugueses, 64.6% do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 11 e os 16 anos, aplicou-se o Inventário de Vinculação na Adolescência (versão irmãos), as Escalas de Táticas do Conflito Revisadas (versão irmãos) e o Inventário de Experiências Diferenciadas entre Irmãos. Os resultados mostram que um tratamento parental igualitário está associado à maneira positiva de resolver os conflitos entre irmãos; o sexo masculino relatou maior distanciamento entre irmãos do que o sexo feminino, e uma relação negativa entre irmãos parece influenciar a ocorrência de violência entre estes. Este estudo enfatiza a importância de pais e profissionais de saúde promoverem precocemente a proximidade entre irmãos.

Palavras-chave : Tratamento diferenciado; Pais; Irmãos; Vinculação; CTS2-SP.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons