SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número3Traços de personalidade e comportamentos agressivos: O papel mediador da vingançaExperiências traumáticas na doença crónica: Relatos de adolescentes com escoliose e diabetes índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Psicológica

versão impressa ISSN 0870-8231versão On-line ISSN 1646-6020

Resumo

FRAGATA, Ana Sofia; CAMPOS, Rui C.  e  BALEIZAO, Cristina. Representações das figuras parentais e dor psicológica: Um estudo exploratório. Aná. Psicológica [online]. 2019, vol.37, n.3, pp.313-325. ISSN 0870-8231.  http://dx.doi.org/10.14417/ap.1602.

O objectivo deste estudo de cariz exploratório é testar, em adultos da comunidade, a relação entre representações das figuras parentais e dor psicológica. A amostra final é constituída por 164 participantes, com idades entre os 18 e os 65 anos, que responderam à Psychache Scale e ao Inventário para Aceder às Memórias de Infância Relativas às Práticas Parentais (EMBU) e, realizaram uma descrição livre de cada uma das figuras parentais. Estas descrições foram codificadas recorrendo à Escala de Diferenciação e Relacionamento (Escala DR). Os resultados mostraram que à excepção do nível DR para a descrição da figura materna, as restantes cinco variáveis, nível DR para a descrição da figura paterna, rejeição paterna, rejeição materna, sobreprotecção paterna e sobreprotecção materna, se correlacionam significativamente com a variável dor psicológica. Uma análise de regressão múltipla do tipo forward mostrou que as variáveis, nível DR para a descrição da figura paterna, rejeição paterna e sobreprotecção materna deram um contributo significativo para a previsão da dor psicológica, embora explicando uma percentagem baixa de variância da dor psicológica. Este modelo foi corroborado através de Modelação de Equações Estruturais. Os resultados são discutidos no âmbito da teoria psicanalítica e da perspectiva da aceitação-rejeição de Rohner.

Palavras-chave : Representações parentais; Dor psicológica; Rejeição; Sobreprotecção.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons