SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue4Pais e mães protegem, acarinham e brincam de formas diferentesPadrões de consumo de álcool em estudantes da Universidade de Aveiro: Relação com comportamentos de risco e stress author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Análise Psicológica

Print version ISSN 0870-8231

Abstract

GOMES, Hugo Miguel dos Santos  and  PEREIRA, Maria Gouveia. Funcionamento familiar e delinquência juvenil: A mediação do autocontrolo. Aná. Psicológica [online]. 2014, vol.32, n.4, pp.439-451. ISSN 0870-8231.  http://dx.doi.org/1014417/ap.32.3.958.

De acordo com a Teoria Geral do Crime as práticas parentais ineficazes são a principal causa do baixo autocontrolo e, por sua vez, o autocontrolo será o principal responsável pelo desenvolvimento de comportamentos delinquentes. No presente estudo temos como objetivo analisar empiricamente estas afirmações, ou seja, verificar a influência do funcionamento familiar no autocontrolo e seguidamente analisar se o autocontrolo é mediador na relação entre o funcionamento familiar e a delinquência juvenil. Neste estudo participaram 181 adolescentes, com idades compreendidas entre os 12 e os 19 anos de idade e a frequentar escolas da área da Grande Lisboa. Os instrumentos utilizados foram os seguintes: escala de coesão e flexibilidade familiar (FACES IV), escala de autocontrolo e escala de variedade de delinquência. Os resultados demonstraram uma relação positiva entre o funcionamento familiar e o autocontrolo e uma relação negativa entre o autocontrolo e os comportamentos de delinquência. Por sua vez, o autocontrolo mediou totalmente a relação entre o funcionamento familiar e a delinquência dos jovens. As implicações deste estudo são discutidas.

Keywords : Coesão familiar; Flexibilidade familiar; Autocontrolo; Delinquência juvenil.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License