SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número3Qualidade da vinculação percebida por mães e crianças em idade escolar provenientes de diferentes tipos de famíliaO papel do ajustamento diádico na sintomatologia psicopatológica e qualidade de vida de doentes com perturbação psiquiátrica e dos parceiros saudáveis índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Psicológica

versão impressa ISSN 0870-8231

Resumo

MELO, Olga Soares  e  MOTA, Catarina Pinheiro. Protótipos de vinculação amorosa: Bem-estar psicológico e psicopatologia em jovens de famílias intactas e divorciadas. Aná. Psicológica [online]. 2014, vol.32, n.3, pp.307-322. ISSN 0870-8231.  http://dx.doi.org/10.14417/ap.718.

De acordo com o modelo bidimensional de Bartholomew os indivíduos desenvolvem a sua identidade e constroem a perceção de si e dos outros, de acordo com as representações transmitidas pelas figuras significativas de afeto. Os protótipos de vinculação amorosa, associam-se ao desenvolvimento da saúde mental e bem-estar psicológico nos jovens. Numa amostra de 334 jovens entre os 13 e os 25 anos, pretende-se analisar em que medida os protótipos de vinculação diferem em função da idade, género, configuração familiar, bem-estar psicológico e psicopatologia. Foram encontradas diferenças significativas dos protótipos de vinculação face ao género e psicopatologia, contudo não foram observadas diferenças no que respeita à idade, configuração familiar e bem-estar psicológico. Os resultados serão discutidos à luz da teoria da vinculação tendo em conta as particularidades dos protótipos de vinculação de Bartolomeu, com o intuito de perceber o seu contributo no bem-estar psicológico e desenvolvimento de psicopatologia nos jovens.

Palavras-chave : Protótipos de vinculação; Bem-estar psicológico; Psicopatologia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons