SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número4As potencialidades da Teoria de Resposta ao Item na validade dos testes: Aplicação a uma prova de dependência-independência de campo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Psicológica

versão impressa ISSN 0870-8231

Resumo

GARCIA-MARQUES, Teresa. Se sinto como familiar sinto como positivo! Interferência da familiaridade no processo avaliativo. Aná. Psicológica [online]. 2009, vol.27, n.4, pp.447-454. ISSN 0870-8231.

In this paper we approach the idea that, the ease or fluency of information processing being subjectively experienced as feeling of familiarity with a positive affective tone, interfere with evaluative processing. The close association of familiarity and positive affect is here addressed within a affective priming paradigm. Participants were asked to evaluate a set of target stimuli previously tested for their valence. These targets were immediately preceded either by a familiar or a unfamiliar stimuli. Congruently with the familiarity-positive affect association, familiar stimuli facilitated evaluations (generate faster responses) of affective consistent targets (positive targets).

Palavras-chave : Affective priming; Familiarity.

        · resumo em Português     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons