SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número1O Banco de Sementes do Solo e as Modalidades de Instalação na Zona de Protecção do Pinhal Bravo das Dunas Litorais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Silva Lusitana

versão impressa ISSN 0870-6352

Resumo

SANTOS, Carla  e  VASCONCELOS, Marta. Resposta Fisiológica de Pinus spp. nas Primeiras Horas após Infecção com Bursaphelenchus xylophilus (Nematoda: Aphelenchoididae). Silva Lus. [online]. 2011, vol.19, n.1, pp.99-110. ISSN 0870-6352.

O objectivo deste estudo consistiu na comparação da resposta à infecção com o nemátode da madeira do pinheiro (NMP) Bursaphelenchus xylophilus entre Pinus pinaster e Pinus pinea no estádio inicial da doença, três horas após inoculação. O NMP é o agente causal da doença da madeira do pinheiro, tem em Portugal como hospedeiro principal o pinheiro bravo, P. pinaster, e tem como vector Monochamus galloprovincialis. Actualmente, não há estudos que descrevam os efeitos da infecção do nemátode nas plantas a um estádio inicial da doença e, no que diz respeito aos efeitos fisiológicos e metabólicos nas plantas, verificou-se uma diminuição de 10,9% no teor de água em P. pinaster (por comparação com árvores inoculadas com água) e 6,7% em P. pinea; relativamente à concentração de clorofilas, uma diminuição para cerca de metade do valor controlo foi registado para ambas as espécies, mas mais pronunciadamente em P. pinaster. Um estudo exploratório com cromatografia gasosa também foi efectuado, que demonstrou que os compostos voláteis produzidos permitem uma clara diferenciação entre espécies, mas não entre inoculação controlo vs. nemátode.

Palavras-chave : Concentração de clorofilas; conteúdo de água; cromatografia gasosa.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )