SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número2A corrosão atmosférica de objectos em prata com pátina: um desafio para a conservação e restauro índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Corrosão e Protecção de Materiais

versión impresa ISSN 0870-1164versión On-line ISSN 2182-6587

Resumen

JOHANN, Julian et al. Resistência à corrosão em meio de diesel e biodiesel do aço carbono revestido com cobre. Corros. Prot. Mater. [online]. 2016, vol.35, n.2, pp.20-25. ISSN 0870-1164.  http://dx.doi.org/10.19228/j.cpm.2016.35.06.

A corrosão metálica é dependente do meio ao qual o material está em contato. Em eletrólitos com condutividade elevada a corrosão é facilmente quantificada. Entretanto, em combustíveis, a determinação da corrosão é dificultada, pois a condutividade é baixa. Normas como a ABNT 14359 e ASTM D130 estabelecem métodos de determinação da corrosão em combustíveis, porém, a avaliação é qualitativa. Neste contexto, a determinação da corrosão em combustíveis é um desafio. Neste estudo, determinou-se a corrosão do aço carbono (SAE 1045) revestido com cobre pelo método indireto. Os metais foram imersos em biodiesel B100 ou diesel S10 e posteriormente, em NaCl 0,5 mol L-1 . Ensaios de potencial de circuito aberto, impedância eletroquímica e polarização anódica, indicaram que a metodologia empregada foi eficiente para a avaliação da corrosão.

Palabras clave : Biocombusvel; Ensaios Eletroquímicos; Aço Carbono (SAE 1045).

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons