SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número2Comparação de comportamentos de corrosão de ligas de titânio (ti-15mo e ti-6al-4v) para aplicações em implantes dentários: RevisãoResistência à corrosão em meio de diesel e biodiesel do aço carbono revestido com cobre índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Corrosão e Protecção de Materiais

versão impressa ISSN 0870-1164versão On-line ISSN 2182-6587

Resumo

TISSOT, Isabel; MONTEIRO, Olinda C.; BARREIROS, Maria Alexandra  e  GUERRA, Maria Filomena. A corrosão atmosférica de objectos em prata com pátina: um desafio para a conservação e restauro. Corros. Prot. Mater. [online]. 2016, vol.35, n.2, pp.15-19. ISSN 0870-1164.  http://dx.doi.org/10.19228/j.cpm.2016.35.05.

A aplicação de pátinas em objetos de prata, para produzir uma superfície de cor acinzentada a preta, é uma técnica de decoração frequentemente utilizada por ourives. A pátina é obtida por aplicação de uma solução, normalmente à base de compostos de enxofre, formando um revestimento constituído por compostos de prata e enxofre. Sendo estes compostos semelhantes aos produtos de corrosão atmosférica da prata, a conservação de objetos corroídos em prata com pátina levanta questões relacionadas com a incompatibilidade de tratamentos, resultantes da semelhança entre os compostos formados intencionalmente e os da corrosão atmosférica. Para definir tratamentos de conservação específicos, é fundamental caracterizar as superfícies com pátina e com pátina corroída. Neste estudo, amostras de prata sterling com pátina foram corroídas por imersão numa solução contendo sulfuretos. A caracterização das superfícies com pátina antes e após corrosão foi realizada por espectrofotometria de UV-Vis, difração de raios-X e por microscopia eletrónica de varrimento com espectrometria de raios-X dispersiva em energia. Os resultados revelaram que a corrosão das amostras de prata sterling com pátina compreende a dissolução da pátina seguida da formação de produtos de corrosão com composições e morfologias distintas contendo sulfuretos de prata e sulfuretos de cobre.

Palavras-chave : Liga de Prata; Pátina; Corrosão Atmosférica; Conservação.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons