SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número1Durabilidade de coletores solares térmicos: inspeção e análise de falha em função da corrosividade ambiental índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Corrosão e Protecção de Materiais

versão impressa ISSN 0870-1164

Resumo

MARTINS, J. I.; NUNES, M. C.  e  TAVARES, P. B.. Deposição de cobre não electrolítico na presença de iões de cobalto utilizando o hipofosfito como redutor. Corros. Prot. Mater. [online]. 2016, vol.35, n.1, pp.06-14. ISSN 0870-1164.  http://dx.doi.org/10.19228/j.cpm.2016.35.03.

O revestimento de cobre não electrolítico usando hipofosfito de sódio como redutor e o citrato de sódio como agente complexante foi estudado através de medições gravimétricas e electroquímicas. Avaliaram-se os efeitos da temperatura, pH, ácido bórico, citrato, hipofosfito e concentração do catalisador de cobalto. A cinética de deposição de cobre não electrolítico foi interpretada na base da desidrogenação do redutor, teoria do potencial misto e na especiação iónica do banho. A microscopia electrónica de varrimento, microanálise de raios X por espectroscopia de dispersão de energia e a difracção de raios-X aplicada nas superfícies mostram que os depósitos são constituídos por ligas binárias (Cu-Co) e ternárias (Cu-Co-P), e que a sua morfologia e cristalinidade depende do teor de cobalto e fósforo.

Palavras-chave : Revesmento não Electrolíco; Deposição de Cobre; Hipofosfito de Sódio; Especiação Iónica; Ligas de Cobre-cobalto.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons