SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número1Degradação e proteção superficial da madeira em exterior índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Corrosão e Protecção de Materiais

versão On-line ISSN 2182-6587

Resumo

ALVES, Henrique; LOURENCO, Zita  e  COLACO, Pedro. Reabilitação de uma estrutura contaminada por iões cloret utilizando a técnica da dessalinização. Corros. Prot. Mater. [online]. 2013, vol.32, n.1, pp.5-9. ISSN 2182-6587.

As técnicas mais utilizadas para reabilitar estruturas em que a corrosão é devida à contaminação do betão por iões cloreto, são a reparação localizada e os métodos electroquímicos, como a protecção catódica e a dessalinização. Embora a reparação localizada seja uma técnica bastante utilizada, a sua aplicação na reabilitação de estruturas contaminadas por iões cloreto, é pouco eficaz a longo prazo. Isto porque, se a reparação não remover todo o betão contaminado, novas áreas de corrosão são formadas nas regiões adjacentes às zonas reparadas, designadas por ânodos incipientes, dando assim continuação à deterioração. A aplicação dos métodos electroquímicos resulta em soluções mais eficazes e económicas no controlo da corrosão. Este artigo descreve o processo de reabilitação de um edifício escolar, em que parte da estrutura de betão armado se encontrava severamente afectada por corrosão das armaduras devido à contaminação do betão por iões cloreto. Como técnica de reabilitação foi implementada a dessalinização, com o objectivo de diminuir o teor de cloretos do betão junto às armaduras, para valores aceitáveis, eliminando assim a causa da corrosão. O recurso a esta técnica possibilitou a reabilitação integral da parte afectada da estrutura de betão armado sem recorrer à remoção do betão contaminado.

Palavras-chave : Betão Armado; Corrosão; Dessalinização; Técnicas Electroquímicas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )