SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número3-4Comportamento corrosivo de ligas de al e al-li usadas como materiais aeronaúticosEstudo da corrosão da tubagem à saída de um permutador de calor num sistema industrial de co-geração índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Corrosão e Protecção de Materiais

versão On-line ISSN 2182-6587

Resumo

ABREU, F.; SABARIZ, A.; QUADRO, A.  e  BUENO, A.. Avaliação da resistência à corrosão da liga de alumínio 6101 após diferentes tratamentos térmicos de precipitação. Corros. Prot. Mater. [online]. 2012, vol.31, n.3-4, pp.65-70. ISSN 2182-6587.

Atualmente, as ligas de alumínio da série 6xxx vêm ocupando um espaço importante na produção global das ligas de alumínio. A utilização em larga escala dessa classe de ligas é consequência da melhoria de suas propriedades mecânicas quando submetidas a tratamentos térmicos. No entanto, a realização de tratamentos térmicos de solubilização e a precipitação de fases metaestáveis durante o envelhecimento podem prejudicar consideravelmente a resistência à corrosão dessa classe de ligas. O presente trabalho, objetiva avaliar a suscetibilidade à corrosão da liga de alumínio 6101 submetida a tratamentos térmicos de solubilização. Investigou-se a corrosão através da realização de ensaios de potencial ao longo do tempo e curvas anódicas de polarização. Avaliou-se qualitativamente a formação de pites através de microscopia eletrônica de varredura (MEV). As soluções de 3,5 % de NaCl e 0,1 M de Na2SO4 foram utilizadas nos ensaios para simular condições de alta agressividade

Palavras-chave : Ligas de Alumínio; Corrosão por Pite; Tratamento Térmico de Solubilização.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )