SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número3O Escurecimento do Altar da Sé do Porto: Um Caso de Corrosão Atmosférica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Corrosão e Protecção de Materiais

versão impressa ISSN 0870-1164

Resumo

FONTINHA, I. Rute  e  SALTA, M. Manuela. Corrosão e Conservação de Estátuas de Liga de Cobre. Corros. Prot. Mater. [online]. 2008, vol.27, n.3, pp.87-94. ISSN 0870-1164.

As esculturas de exterior em liga de cobre, sem a aplicação de medidas de protecção, podem mostrar aceleração da degradação devido à corrosão, agravada pelo aumento da poluição atmosférica associado ao desenvolvimento industrial e social do último século. Da corrosão resulta a alteração cromática da superfície das estátuas, com a formação de patinas de cor verde e preta, cujas características definem níveis de risco de degradação e, consequentemente, o tipo de intervenção a que a escultura deverá ser submetida para a sua conservação. Neste artigo abordam-se os processos de corrosão mais comuns em estátuas de ligas de cobre expostas no exterior e descreve-se a formação, composição e estrutura das patinas resultantes dessa corrosão. Referem-se ainda alguns aspectos sobre a conservação deste tipo de obras de arte.

Palavras-chave : Corrosão Atmosférica; Estátuas; Ligas de Cobre; Patinas; Conservação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )