SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número3Selectividade da limpeza POR laser aplicada a objectos museológicos em ferroCorrosão e Conservação de Estátuas de Liga de Cobre índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Corrosão e Protecção de Materiais

versão impressa ISSN 0870-1164

Resumo

HOMEM, Paula M.; FONSECA, Inês T. E.  e  CAVALHEIRO, José T.. O Escurecimento do Altar da Sé do Porto: Um Caso de Corrosão Atmosférica. Corros. Prot. Mater. [online]. 2008, vol.27, n.3, pp.82-86. ISSN 0870-1164.

O objecto deste estudo, o Retábulo da Sé do Porto, foi caracterizado através da análise morfológica e microanalítica de amostras recolhidas em diferentes zonas do Retábulo, correspondentes às várias fases de construção. Concluiu-se que as ligas usadas na construção do Retábulo são ligas de prata:cobre com percentagens em Ag entre 62,59% e 97,98%, esta correspondente ao elemento mais importante do conjunto, o primeiro a ser construído, o sacrário. No que respeita aos produtos de corrosão, com base na análise feita por espectroscopia de difracção de raios-X (EDX), foi possível postular a existência de compostos de prata, tipo cloretos, e de cobre, tipo, óxidos e sulfatos. Foram ainda identificados sulfatos de sódio e de potássio e aluminosilicatos, além de vestígios dos produtos de limpeza.

Palavras-chave : Património Cultural; Retábulo da Sé do Porto; Ligas de Prata; Produtos de Corrosão.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )