SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número1Estudo longitudinal da proficiência ortográfica no 2º e 4º anos de escolaridade: estruturas /e/, /eI/ e /oU/Extração de combinações lexicais restritas pela deteção da não composionalidade de expressões pluriverbais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Diacrítica

versão impressa ISSN 0807-8967

Resumo

PIZARRO, Isabel  e  TEIXEIRA, José. Metáfora concetual e literariedade: a “Hora” de Fernando Pessoa. Diacrítica [online]. 2016, vol.30, n.1, pp.139-161. ISSN 0807-8967.

A análise que apresentamos insere-se no domínio da Linguística Cognitiva e resulta da aplicação dos instrumentos de análise da metáfora poética, propostos por Lakoff e Turner (1989) no âmbito da Teoria da Metáfora Concetual, postulada por Lakoff e Johnson (1980 e 1999) e por Lakoff e Feldman (2006), à metaforização de “hora”, nos poemas ortónimos de Fernando Pessoa (1888-1935), escritos entre 1910 e 1935. Neste texto, apenas iremos utilizar um pequeno corpus do total, constituído por seis excertos de poemas ortónimos nos quais o item lexical “hora” designa metonimicamente a categoria superordenada Tempo, através da metonímia concetual HORA POR TEMPO. As metáforas de “hora” são complexas, o que significa que resultam da combinação hierarquizada de metáforas convencionais de nível específico e genérico que constituem o background sociocultural que constrange a criatividade do poeta e do qual emerge a metaforização de “hora”, realizada com base nos quatro mecanismos concetuais em que assenta a construção da metáfora poética: extensão, elaboração, questionamento e combinação.

Palavras-chave : metáfora poética; metáfora concetual; expressão metafórica; esquema imagético; Fernando Pessoa.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons