SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número3Recuo ao mais côncavo vazio de juan josé millás: os 40 anos de cerbero son las sombrasAinda abanando o barco após todos estes anos: adamastor escreve de volta índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Diacrítica

versão impressa ISSN 0807-8967

Resumo

CADILHE, Orquídea. Cherilyn sarkisian - ‘cher' ou o prometeu pós-moderno: dando voz ao ‘marginal'. Diacrítica [online]. 2015, vol.29, n.3, pp.168-180. ISSN 0807-8967.

Este artigo tem como objetivo mostrar como a performance de Cher ajuda a quebrar barreiras de identidades oficiais, celebra a diferença e em última instância dá voz ao marginal. A sua carreira é um vasto repertório de representações étnicas, feministas e pós-modernas. Esta celebra o hibridismo e a autotransformação e tem origem na sua ascendência e no contexto sociocultural dos Estados Unidos da sua infância e adolescência. No episódio de os Ficheiros Secretos O Prometeu Pós-moderno o criador da série rescreve Frankenstein ou O Moderno Prometeu de Mary Shelley e, estabelecendo um paralelo entre a imagem pública de Cher e o mito de Prometeu, mostra como a sua performance subversiva revela empatia com o marginal e ajuda a construir uma experiência coletiva que culmina num impressionante número de fãs.

Palavras-chave : performance; hibridismo; autotransformação; Prometeu; pós-modernismo; feminismo; etnicidade.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons